A Universidade Estado do Amapá apoia o Outubro Rosa. Previna-se, cuide-se e celebre a vida!
Foto: Floriano Lima
Licenciatura em Matemática - Formas de avaliação

A avaliação é parte integrante do processo de formação, uma vez que possibilita diagnosticar questões relevantes, aferir os resultados alcançados, considerando os objetivos propostos e identificar mudanças de percurso eventualmente necessárias.

Embora seja mais difícil avaliar as competências profissionais do que a assimilação de conteúdos convencionais há muitos instrumentos para isso. Algumas possibilidades: identificação e análise de situações complexas e/ou problemas em uma dada realidade; elaboração de projetos para resolver problemas identificados num contexto observado; elaboração de uma rotina de trabalho semanal a partir de indicadores oferecidos pelo formador; definição de intervenções adequadas, alternativas às que forem consideradas inadequadas; planejamento de situações didáticas consonantes com um modelo teórico estudado; reflexão escrita sobre aspectos estudados, discutidos e/ou observados em situação de estágio; participação em atividades de simulação; estabelecimento de prioridades de investimento em relação à própria formação. 

Em qualquer um desses casos, o que se pretende avaliar não é a quantidade de conhecimento adquirido, mas a capacidade de acioná-los e de buscar outros para realizar o que é proposto. Portanto, os instrumentos de avaliação só cumprem com sua finalidade se puder diagnosticar o uso funcional e contextualizado dos conhecimentos.

É importante assinalar que, se estas considerações são válidas para a avaliação de toda e qualquer competência em cursos profissionais, são também indispensáveis para o caso da formação do futuro profissional. O novo paradigma curricular também está orientado para a constituição de competências críticas e estratégico-operacionais.  Para que esse novo paradigma tenha sustentação, será preciso ensinar os aspirantes a profissionais como avaliar suas próprias práticas na relação com os usuários, com as organizações e com os pressupostos ético-políticos de sua formação. 

Sob o ponto de vista regimental, o processo de avaliação desenvolvido no cotidiano do curso será formalizado em três notas numéricas, na escala de 0 a 10, devendo o aluno obter a média mínima 6,0 (seis) para ser aprovado no final do período regular de aulas. Além do aspecto da eficiência nos estudos, será exigida do aluno assiduidade, representada no mínimo de 75% de participação das atividades efetivamente desenvolvidas em cada disciplina.  

Última Modificação em : Segunda-feira, 03 de Dezembro de 2018 por Dinfo - DINFO
Campus I
Av. Presidente Vargas, nº 650
Centro | CEP: 68.900-070
Macapá - AP
Campus Graziela
Av. Duque de Caxias, 60
Centro| CEP: 68900-071
Macapá - AP
Setor Administrativo
Av. 13 de Setembro, 1720
Buritizal | CEP: 68902-865
Macapá - AP
Campus Território dos Lagos
Av. Desidério Antônio Coelho, 470
Sete Mangueiras | CEP: 68950-000
Amapá - AP
NTE - Núcleo Tecnológico
Av.: 13 de Setembro, 2081
Buritizal | CEP 68902-865
Macapá - AP
Copyright © 2019. Portal Universidade do Estado do Amapá.
(96) 2101-0506
ueap@ueap.edu.br