Foto: Floriano Lima
Inaugurado o primeiro campus da UEAP no interior do Amapá
Braço da universidade também atenderá acadêmicos de Calçoene, Tartarugalzinho e Pracuúba com ensinamentos de Matemática e Engenharia Agronômica.
DCE recepcionou calouros do novo campus com Trote do Bem
Foto: Marcelo Loureiro
DCE recepcionou calouros do novo campus com Trote do Bem

Por Eloisy Santos

O Governo do Estado do Amapá (GEA) inaugurou, nessa segunda-feira, 25, o primeiro campus da Universidade do Estado do Amapá (Ueap) no interior. O campus Território dos Lagos está sediado no município de Amapá, provisoriamente na Escola Estadual Vidal Negreiros, para também atender os municípios de Calçoene, Tartarugalzinho e Pracuuba. Inicialmente estão sendo ofertados dois cursos de graduação, Licenciatura em Matemática e Engenharia Agronômica, escolhidos conforme a vocação econômica da região. As graduações terão duração de quatro e cinco anos, respectivamente.

A solenidade de inauguração contou com a presença do governador Waldez Góes, que deu boas vindas aos cem calouros dos dois cursos. Também estiveram presentes membros da equipe do governo e da Prefeitura e Câmara de Vereadores de Amapá, dentre outras autoridades dos setores público, privado e sociedade civil.

O governador destacou que aquele momento só foi possível mediante parceria entre os entes envolvidos, e mediante, também, a muitos esforços adotados pela gestão, desde 2015, para driblar a crise e prosseguir com entregas à população.

Góes pontuou que, no início da gestão, a Ueap tinha dívida de mais de R$ 5 milhões, além de sua credibilidade abalada por esse e outros motivos. Nos últimos anos o GEA trabalhou e liquidou essa dívida, possibilitando à universidade recuperar a sua imagem, força, e expandir os atendimentos.

“A Ueap foi criada com o objetivo de fortalecer e desenvolver as vocações do Estado, de forma regionalizada, através do conhecimento científico, da pesquisa. Hoje demos um passo histórico nesse sentido, passo que vai gerar não só benefícios à educação, com cem acadêmicos tendo acesso à graduação perto de casa, mas também geração de emprego e renda durante e após o curso, oportunidades de crescimento e de melhor qualidade de vida para a nossa gente”, frisou o governador, pontuando que a interação entre os acadêmicos e os estudantes da Escola Vidal Negreiros também irá motivar os jovens a serem futuros acadêmicos da instituição. E que, conforme for possível, mais cursos deverão ser ofertados ao longo dos anos.

Campus provisório e investimentos

O Campus Território dos Lagos está sediado, de forma provisória, na Escola Estadual Vidal Negreiros, onde o GEA investe mais de R$ 500 mil na adequação do prédio, sendo R$ 280 mil na reforma da rede elétrica, que permitirá a climatização de toda a escola, e R$ 220 mil na reforma estrutural, com troca de telhado, forro, substituição de portas e janelas em pontos específicos, mapeados pela Secretaria de Estado da Educação (Seed). As intervenções seguem reforçadas e devem ser concluídas em agosto. Após a conclusão dos reparos, a Escola Vidal Negreiros receberá mobília, equipamentos e climatização.

A estrutura do campus conta com oito salas de aula, sendo quatro no primeiro andar, e quatro no segundo. No primeiro andar funcionará, ainda, uma biblioteca com mesas de estudos e computadores com acesso à internet; um Laboratório de Informática, contendo 20 computadores com acesso à internet; um Laboratório de Matemática e uma sala de aula equipada com projetor multimídia. No segundo pavimento funcionará três salas de aula com projetor multimídia e uma sala para o setor administrativo, na qual funcionará uma secretaria acadêmica, coordenações dos cursos e coordenação de campus, espaço para professores, tutores e reuniões.

Cursos

As aulas dos cursos de Licenciatura em Matemática e Engenharia Agronômica acontecerão pela tarde, no modelo de ensino modular, com revezamento de professores, de acordo com as disciplinas das grades curriculares.

O reitor da Ueap, Perseu Aparício, registrou que para compor o quadro técnico do novo campus e da sede em Macapá, o GEA convocou 42 aprovados no último concurso da instituição, realizado em 2014. Desse total, dez atuarão no Campus Território dos Lagos. Além de graduação, o campus irá ofertar pós graduação e extensão nas modalidades presencial, semipresencial e à distância, em parceria com a Universidade Federal do Amapá (Unifap). 

“O Governo planeja, ainda, realizar concurso público com oferta de 40 vagas para professores da Ueap, sendo parte dessas vagas destinada exclusivamente para atuar nos cursos ofertados pelo Campus da Região dos Lagos”, acrescentou Perseu Aparício.

Construção do novo campus

O projeto do prédio definitivo do campus na Região dos Lagos prevê investimentos de até R$ 12 milhões com construção de salas de aula e laboratórios de ambos os cursos, dentre outros espaços. O prédio deve ser construído em uma área doada pela Câmara de Vereadores e Prefeitura de Amapá.

O reitor da Ueap, Perseu Aparício, esteve em Brasília, a pedido do governador Waldez Góes, em busca de apoio da bancada federal amapaense para a construção do campus. A pretensão é de que as obras iniciem em 2019, segundo Aparício.

Compromisso

O Governo do Amapá realizou estudo para levantar a potencialidade da região, que embasou a escolha dos cursos. Com a iniciativa, o GEA oferta a mais de 30 mil habitantes (que residem em Amapá, Calçoene, Tartarugalzinho e Pracuuba), acesso ao ensino superior conforme o potencial econômico ali existente. O curso de Engenharia Agronômica, por exemplo, contempla o grande potencial da região, que é voltado para produção de alimentos, pecuária, derivados de leite, hortifrutigranjeiro e piscicultura.

Durante a solenidade, o presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Amapá (Faeap), Iraçu Colares, ministrou a aula inaugural dos cursos, denominada “A importância da Universidade para o desenvolvimento da região”. Iraçu é filho do município de Amapá e ativista pelo fortalecimento do setor produtivo no Estado.

Liliane Dias, 35 anos, nascida e criada no município de Amapá, foi a segunda colocada no curso de Engenharia Agronômica. Ela contou que, desde a infância, sonhava em cursar Engenharia Florestal, por admirar a profissão de seu pai, técnico ambiental. Com o passar dos anos, graduou-se em letras na capital, e atua, hoje, como professora em uma escola do município.

Com a oferta do curso de Engenharia Agronômica, disse Liliane, o sonho foi despertado e a felicidade completa ao conquistar o segundo lugar.

“É uma felicidade imensa. Passa um filme na cabeça de quantas vezes eu e tantas outras pessoas sonhavam em cursar o nível superior aqui mesmo, perto da família, dos amigos, sem ter de enfrentar os desafios de se deslocar à capital. Esta será a minha segunda graduação, e as expectativas são as melhores possíveis”, registrou a caloura.

Quem também comemorou foi Jardel Costa, 22 anos. Calouro de Licenciatura em Matemática, ele diz que almeja ser professor, e comemora o primeiro passo dado neste sentido.

“Tenho as melhores expectativas para o curso. Almejo concluir, ser professor, passar em um concurso público. Esse campus vai melhorar a vida de muita gente que, assim como eu, sonha com um futuro melhor, repleto de conhecimento e oportunidades”, registrou Jardel.

Localidades vizinhas também serão beneficiadas pelo ensino superior ofertado no novo campus, como as comunidades da Base Aérea, Cruzeiro, Piquiá, Calafate, Amapá Grande dos Miras, Vulcão do Norte, Vista Alegre, Santo Antônio, Sucuriju, Araquiçava e Paratu, entre outras.

Cooperação

A Prefeitura de Amapá assumiu algumas responsabilidades para a implantação do polo, como a manutenção da estrutura física, cessão e contratação de servidores para o funcionamento administrativo do campus, e prover o prédio de internet.

O prefeito do município de Amapá, Carlos Sampaio, registrou que a região possuía um “grande vazio de ensino superior”, que agora será sanado.

“Estamos no caminho certo, somando forças e dotando os moradores da região de oportunidades para aprimorar o que temos de melhor: pecuária, pesca e agricultura. Esse é um avanço histórico na trajetória de 116 anos do município de Amapá”, externou o prefeito.

O presidente da Associação dos Criadores do Amapá (Acriap), Jesus Pontes, falou da importância do acontecimento para o setor produtivo. “A agricultura e a pecuária necessitam de conhecimento científico para se desenvolver. Necessitamos de pessoas qualificadas a contribuírem para alavancar o setor produtivo do Amapá”, enfatizou Pontes.

Outras parcerias

Durante a inauguração também foi assinado um Termo de Convênio entre o GEA, através da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf), e a Prefeitura Municipal de Amapá, no valor de R$ 1,2 milhão, para construção da Garagem Municipal.

Conforme explicou o prefeito Carlos Sampaio, o convênio visa a recomposição de uma parte da Secretaria de Obras, de Meio Ambiente e de Agricultura do município, e da área onde funcionava a nossa Garagem Municipal.

“Na primeira semana em que assumimos a gestão municipal, a garagem caiu em cima de nossos veículos. Trabalhamos num projeto moderno e levamos ao governo que mais uma vez demonstra sua sensibilidade e apoio para construirmos a nova garagem. A contrapartida do município será em serviços, remoção de entulhos e demolição, dentre outras medidas para diminuir custos. Já vamos licitar a obra e em 60 dias será entregue a ordem de serviço para que os trabalhos sejam iniciados”, explicou o prefeito.

Recentemente, o GEA garantiu concessão de prédios públicos à Prefeitura de Amapá, que serão destinados à implantação da Secretaria Municipal de Educação e dos centros Administrativo e Cultural.

Anteriormente também foi assinado convênio de limpeza urbana no valor de R$ 126,6 mil entre a Secretaria de Estado das Cidades (SDC) e a Prefeitura Municipal. A Escola Estadual Maria do Céu Gonçalves Dias foi revitalizada, equipada e entregue à comunidade no Dia de Cabralzinho, 15 de maio.

Publicado em: Terça-feira, 26 de Junho de 2018 por Assessoria de Comunicação - ASCOM
Campus I
Av. Presidente Vargas, nº 650
Centro | CEP: 68.900-070
Campus Graziela
Av. Duque de Caxias, 60
Centro| CEP: CEP: 68900-071
NTE - Núcleo Tecnológico
Rua General Rondon, 1207
Centro | CEP: 68.900-082
Copyright © 2018. Portal Universidade do Estado do Amapá.
(96) 2101-0506
ueap@ueap.edu.br