Foto: Floriano Lima
Projeto Energia Renovável, iluminando ideais chega ao fim e entrega benefícios para comunidade carente no Bailique, Região da Amazônia.
A Ueap mudando a história de famílias ribeirinhas na Amazônia.

Projeto Energia Renovável, iluminando ideais chega ao fim e entrega benefícios para comunidade carente no Bailique, Região da Amazônia.

 

A cerimônia de finalização do projeto aconteceu no último final de semana em meio a muita emoção na própria comunidade Franquinho no arquipélago de Bailique, Estado do Amapá.

Durante evento, foram inaugurados os sistemas que estão beneficiando as famílias, como por exemplo, sistemas de comunicação, painéis solares que geram eletricidade para locais de uso comum, estação de tratamento de água e dessalinização, conexão de internet, sistemas de distribuição de água para residências e a igreja de Franquinho.

O projeto de Energia Renovável iniciou em 2016, por meio de acordo assinado entre o Governo do Estado do Amapá, e a Empresa petroleira Total E&P do Brasil que financiou o projeto no valor de um milhão de reais. O projeto tem parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá (Fapeap) e Universidade do Estado do Amapá, Ueap que executou o projeto.

Na última fase do projeto os moradores também receberam cursos profissionalizantes, de corte e pintura de cabelos, culinária, gestão empresarial, mecânica, informática para a capacitação e geração de renda da população local.

Estamos agora concluindo o projeto, que foi dividido em três etapas, a primeira, em diagnóstico socioambiental, a segunda a implementação dos protótipos e a terceira etapa, treinamento e a capacitação da comunidade, conta a Prof. Dra. Carla Cabral coordenadora do projeto. Ela diz ainda que, deseja que o projeto se estenda para outras comunidades da região com o mesmo objetivo, de melhorar as condições socioeconômicas das comunidades ribeirinhas da Amazônia, melhorando a expectativa de vida de dezenas de pessoas.

Franquinho é a comunidade localizada na ilha de Franco sendo a última ilha do arquipélago do Bailique antes de chegar ao Oceano Atlântico. São 60 pessoas de 12 famílias que vivem as margens do Rio Amazonas. Essas famílias sobrevivem com poucos recursos oriundos da pesca, o cultivo do açai e o cupuaçu que são as frutas de maior comercialização.

É com muita emoção que estou vendo tudo isso acontecer, a população vivia em situação precária, de moradia, sem água potável e energia elétrica somente quatro horas ao dia, depois da implantação projeto, temos uma nova história para contar” afirma Seu Rubem Rocha, morador há 71 anos no Bailique.

Parabenizamos a coordenação do projeto pela iniciativa de pensar na geração de renda, em oferecer a possibilidade da sustentabilidade da comunidade, e estamos muito felizes como Universidade, porque conseguimos realizar algo que é muito difícil, que é a transferência de tecnologia, quando a produção teórica da Universidade passa para a prática e altera a realidade da comunidade, isso está dentro da lógica da dignidade do ser humano, enfatiza a Prof. Dra. Kátia Paulino, Reitora da Ueap.

 

A Escola Estadual Franquinho, tem alunos de 6 a 9 anos de idade que estudam do primeiro ao quinto ano. Ela também recebeu painéis solares que estão fornecendo energia limpa, possibilitando a realização de aulas, através de vídeos, computadores, internet e conferências.

Representante da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia, Setec e a diretora-presidente da Fapeap, Mary Guedes,  também estiveram presentes na solenidade, juntos ressaltaram a realização de parcerias para poder mudar a vida de famílias carentes no Estado do Amapá.

Antes todas as nossas frutas que colhíamos e o nosso pescado estragavam e tínhamos que jogar fora, porque a comunidade não tinha água potável e energia que possibilita o armazenamento, hoje estamos muito satisfeitos porque tudo isso mudou e agora temos possibilidade de aumentar nossa produção e vender em toda região. Afirma, Paulo Rocha, morador de Franquinho.

 

 

 

 

 


Publicado em: Quarta-feira, 04 de Setembro de 2019 por Assessoria de Comunicação - ASCOM
Campus I
Av. Presidente Vargas, nº 650
Centro | CEP: 68.900-070
Macapá - AP
Campus Graziela
Av. Duque de Caxias, 60
Centro| CEP: 68900-071
Macapá - AP
Setor Administrativo
Av. 13 de Setembro, 1720
Buritizal | CEP: 68902-865
Macapá - AP
Campus Território dos Lagos
Av. Desidério Antônio Coelho, 470
Sete Mangueiras | CEP: 68950-000
Amapá - AP
NTE - Núcleo Tecnológico
Av.: 13 de Setembro, 2081
Buritizal | CEP 68902-865
Macapá - AP
Copyright © 2019. Portal Universidade do Estado do Amapá.
(96) 2101-0506
ueap@ueap.edu.br